Primeira Coronariografia realizada no Brasil

A  PRIMEIRA CORONARIOGRAFIA DO BRASIL FOI REALIZADA POR STANS MURAD-NETTO

•STANS INICIOU SEU APRENDIZADO EM CATETERISMOS CARDIACOS   E  HEMODINAMICA   COMO  INTERNO, RESIDENTE, INVESTIGADOR POR 2 ANOS E 8 MESES  NO INSTITUTO NACIONAL DE CARDIOLOGIA DO MEXICO,  UM DOS MAIS DESTACADOS CENTROS DE CARDIOLOGIA  DAQUELA ÉPOCA,  COM RIVERO CARVALLO DO SINAL  DA INSUFICIENCIA TRICUSPIDE, A SOBERBA ELETROCARDIOGRAFIA DE SODDI PALLRES E HENRIQUE CABRERA,  EMBRIOLOGIA E ANATOMIA DAS  CARDIOPATIAS   CONGENITAS   DE   MARIA V. DE LA CRUZ ,   A   ANGIOCARDIOGRAFIA   SELETIVA   DE   IGNACIO   CHAVEZ    E  OUTROS.

•EM  JUNHO DE 1961 STANS SEGUIU PARA O CARDIOPULMONARY  LABORATORY, DO St JOSEPH’S HOSPITAL, SY, NY, USA  SERVIÇO  DIRIGIDO  POR GOFFREDO GENSINI, QUE ESCREVEU O CAPITULO DE ARTERIOGRAFIA CORONARIA  DO MAIS IMPORTANTE LIVRO DE CARDIOLOGIA CONTEMPORANEO   O   BRAUNWALD’S  HEART   DISEASE. 

•NOS  EEUU  STANS   ALCANÇOU  SEU   MAIOR   NIVEL  DE  APRENDIZADO  EM   CINECORONARIOGRAFIA, TREINAMENTO  EM CIRURGIA EXPERIMENTAL EM CÃES   E PRODUÇÃO   CIENTIFICA  DE SUA VIDA  E  PARTICIPAÇÃO  DO INICIO DA ERA  AUREA   DO TRATAMENTO DA DOENÇA    CORONARIA   COM  O  ADVENTO  DA    REVASCULARIZAÇÃO   MIOCARDICA.  NESSA ÉPOCA  STANS  CRIOU   A   TECNICA  DA PERFUSÃO  MIOCARDICA RETROGRADA  DE MEDICAMENTOS, SANGUE , OXIGENIO , CELULAS TRONCO  ETC   QUE   RESULTOU    EM     GRANDE REPERCUSSÃO INTERNACIONAL  E TRÊS TRABALHOS PREMIADOS  NO  BRASIL, EUROPA  E   EEUU.      

 

Veja Artigo Completo AQUI

Instituto de Pós-Graduação Médica do Rio de Janeiro