Percutaneous Retrograde Venous Perfusion Of The Myocardium

“PERCUTANEOUS RETROGRADE VENOUS PERFUSION OF THE MYOCARDIUM”

HISTORICAL REPORT

DOIS TRABALHOS FORAM PREMIADOS E CENTENAS DE PUBLICAÇÕES TÊM OCORRIDO EM REVISTAS MÉDICAS INTERNACIONAIS USANDO E CORROBORANDO A TECNICA DE STANS MURAD-NETTO

APÓS 2 ANOS E 8 MESES (1958-1961) COMO RESIDENTE E INVESTIGADOR DO ENTÃO FAMOSO INSTITUTO NACIONAL DE CARDIOLOGIA DO MEXICO (VANGUARDA MUNDIAL DA SEMIOLOGIA E ELETROCARDIOGRAFIA) STANS INICIOU THE FELLOWSHIP (1961-1962) AT THE CARDIOPULMONARY LABORATORY OF THE ST JOSEPH’S HOSPITAL, SYRACUSE, NY, USA, SOB A DIREÇÃO DO SEU GRANDE MESTRE GOFFREDO GENSINI QUE ESCREVEU O CAPITULO DE ARTERIOGRAFIA CORONARIA DO MAIS IMPORTANTE LIVRO DE CARDIOLOGIA CONTEMPORANEO O BRAUNWALD’S HEART DISEASE. STANS INICIAVA A FASE DA IMAGEM NA MEDICINA NOS EEUU STANS APRENDEU E REALIZOU CINECORONARIOGRAFIAS DIARIAMENTE (1961-62), NAQUELA ÉPOCA USANDO A TECNICA DA ACETILCOLINA ENQUANTO ALI PERTO NA CLEVELAND CLINIC, SONES E SHIREY INICIAVAM (30/10/58) “ACIDENTALMENTE” A TECNICA SELETIVA QUE POSTERIORMENTE GENSINI PASSOU A USAR E AJUDOU MUITO NA DIVULGAÇÃO . NAQUELA ÉPOCA A DOENÇA CORONARIA ATINGIA SEU APICE EM MORBIDADE E MORTALIDADE E HAVIA POUCOS RECURSOS TERAPEUTICOS PARA SEU CONTROLE. PESQUISADORES DE TODO MUNDO BUSCAVAM MEIOS DE COMBATER ESTA GRAVE SITUAÇÃO. NO MEXICO STANS TOMOU CONHECIMENTO DA PROPOSTA DE SODDI PALLARES COM A SOLUÇÃO POLARIZANTE. NOS EEUU STANS PROPOS E GENSINI ACEITOU, A PESQUISA DA “PERFUSÃO MIOCARDICA RETROGRADA VIA SEIO CORONARIO” COM O OBJETIVO DE INTRODUÇÃO DE MEDICAMENTOS, OXIGENIO, SANGUE, ELETROLITOS ETC PARA SOCORRER O MIOCARDIO ISQUEMICO,” E PARA ISSO DESTINOU-LHE TODO SUPORTE DO LABORATORIO, DE MATERIAL, PESSOAL, OS CÃES, SEM LIMITES OU DUVIDAS MAS COM CONFIANÇA E INCENTIVO. INDICOU-LHE COMO AUXILIAR A EXCELENTE ENFERMEIRA KATHLEEN KELLORAN RESULTANDO NUM ESFORÇO COLETIVO SEM RESTRIÇÃO POR TRATAR-SE DE UM ESTRANGEIRO O QUE CARACTERIZAVA A GENEROSIDADE E A GRANDEZA DO GRANDE MESTRE GENSINI E DO EXTRAORDINARIO POVO AMERICANO!!!

Veja o Artigo Completo

Instituto de Pós-Graduação Médica do Rio de Janeiro